Socorro News

Autoridades do Estado prestigiam assinatura de contrato para obras e manutenção da EE Narciso Pieroni

Na segunda-feira, 13 de fevereiro, no período da manhã, aconteceu a solenidade de assinatura de contrato para a retomada das obras de manutenção e acessibilidade da EE Narciso Pieroni, no município de Socorro/SP. Na oportunidade prestigiou este importante evento: o Secretário de Estado da Educação, professor e doutor José Renato Nalini, o presidente da FDE – Fundação para o Desenvolvimento da Educação, João Cury Neto, o deputado estadual Edmir Chedid (DEM), e o prefeito municipal, André Bozola (PTB). Além desses, também compuseram a mesa principal: a diretora da escola Narciso, Marisa Conceição Pieroni de Oliveira, as representantes da Diretoria de Ensino da Região de Bragança Paulista, a senhora Dirigente de Ensino, Profª. Renata Badialli, a supervisora Lucimara e Elídia, além das representantes Daniela e Evelyn e dos responsáveis da Repecol Construções Metálicas Ltda., Sr. Laércio Reis e seu filho, engenheiro Matheus.

Ao fazer o uso da palavra, a diretora Marisa, destacou a Escola Estadual Narciso Pieroni (conhecida como Ginásio), como pioneira na implantação do comentado “Curso Experimental”, trazido entre os anos de 1959 a 1963 pela então diretora Lygia Furquim Sim, possuindo grande importância para sociedade socorrense. Tendo formado profissionais renomados, em anos vindouros, que depois se tornaram homens de sucesso em suas áreas de atuação. Fechando com a fala, disse: “em 40 anos de magistério, nunca vi um secretário de estado da educação, vir pessoalmente à assinatura de contrato em uma escola, isso deixa-nos muito honrados, sintam-se todos bem acolhidos em nossa escola”. Já o presidente da FDE, João Cury abordou a tradição da escola Narciso, colocando- a como “uma renomada instituição de ensino do Estado de São Paulo”. Afirmando: “que o dinheiro do estado é pouco, mas que tem que ser bem gasto”. Pediu desculpas pelos transtornos das obras paralisadas anteriormente, salientando: “a partir de agora um serviço de qualidade será executado, nesta reforma que será feita por empresa socorrense, e por um ex-aluno da escola”.

Já o Secretário de Estado da Educação, deu ênfase junto aos alunos e pais ali presentes, sobre a importância da participação e acompanhamento dos mesmos, na vida escolar de seus filhos. Chamando na sequência a atenção dos estudantes, para a importância da prática da leitura durante a vivência escolar. Na sequência o deputado Edmir Chedid (DEM), também abordou sobre a escola Narciso, tradicional no município de Socorro, e o quão necessário era aquela reforma de manutenção e acessibilidade, para os alunos e sociedade socorrense como um todo. Encerrando-se com a fala do prefeito André Bozola, que citou ser um ex-aluno do Narciso Pieroni, e pediu para os atuais estudantes: “que sintam orgulho da sua escola, e ergam suas cabeças ao falarem que ali estudam, pois o Narciso Pieroni é sim uma das escolas públicas mais tradicionais não só de Socorro, mas de toda a região, sendo modelo às outras instituições de ensino”.

Para encerra o evento, assinou-se o contrato de Reforma, por parte das autoridades, na presença de todos. E alguns alunos e alunas do projeto Jovens Acolhedores, que entregaram lembranças às autoridades, como uma forma de agradecimento pela atenção dada na retomada da reforma da escola.

Sobre a escola e a obra: Instalada em 30/031948, com o nome Ginásio Municipal de Socorro, sendo transformada em 02/01/1950 durante o governo do Dr. Ademar de Barros, em Ginásio Estadual de Socorro. Passou a se chamar “Instituto de Educação Narciso Pieroni”, quando no ano de 1958, a unidade escolar passou a funcionar na Rua Visconde do Rio Branco, nº 424, onde está até hoje.

A fim de dar continuidade a esta gloriosa instituição pública de ensino, dar-se-á continuidade as obras de manutenção e acessibilidade, orçada no valor de RS 1.103.584.13 (um milhão, cento e três mil, quinhentos e oitenta e quatro reais e treze centavos), com prazo previsto de mais de 200 dias. Contemplando a revisão do telhado, conservação dos pisos das salas de aula e área administrativa, reforma geral dos sanitários, substituição das portas e batentes, revisão das instalações elétricas, reforma geral da cozinha e despensa, possível pintura, além da recomposição dos itens do sistema de combate a incêndio e ao sistema de proteção contra descargas atmosféricas.

Por Maicon Liparini
Pela Escola Narciso